Campos de Batalha Ranqueados

Olá pessoal. Há algum tempo tentei organizar algumas RBG’s, mas pessoal estava mais interessado no PvE então horários batiam. Com este post tentarei mostrar o que é jogar um RBG e tentar despertar o interesse no pessoal para o que há de melhor e mais legal no WoW: matar noobs e vencer grandes times!

Os Campos de Batalha Ranqueados – ou RBG como irei citar daqui para frente – são campos de batalha onde a recompensa por ganhá-lo são Pontos de Dominação e necessitam de . No patch 5.2 o time perdedor também ganhará pontos de dominação de acordo com a jogabilidade do time.

A formatação para os RBG são 10×10. No Cataclysm havia a opção de 15×15 e até Baía dos Ancestrais. Mas agora, de acordo com a Blizzar, devido a popularidade do 10×10 não há mais RBG 15×15 e Baía dos Ancestrais foi retirado. Os mapas possíveis de se fazer RBG são:

  • Ravina Brado Guerreiro;
  • Montes Gêmeos;
  • Olho da Tormenta;
  • Batalha por Guilnéas;
  • Bacia Arathi.
  • Templo de Kotmogu
  • Minas Estilhaço Prateado

1º Passo

Meu conselho para quem nunca fez RBG é montar times 5×5 e 10×10 para fazer os chamados Jogos de Guerra. São disputadas entre dois grupos para ganhar um dos campos, sendo uma boa forma para se treinar movimentação e organização dentro dos campos.

Para quem não sabe, tecle “H” no jogo e procure por “Jogos de Guerra”.

Flag Carrier

Flag Carrier, ou FC, são os jogadores cuja função maior dentro do Campo é carregar a bandeira inimiga. Na season atual estamos observando que DK’s Sangue estão melhores para tal função sendo que um Guerreiro Tank ou um Druida Restauração também o podem fazer.

Fatores Importantes

Seguir a Lei dos 3 O’s é sempre uma boa quando a atividade requer que as pessoas estajam mais entrosadas. As leis são:

  • Organizar: Um time sem estratégia provavelemnte vai perder a maioria dos  RBG’s.  Deve-se conhecer o campo de batalha, as limitações e vantagens do seu time bem como tentar analisar a composição inimiga e incorpora-lá a estratégia. Para isso há addon’s e comunicação – seja RC, Skype ou TS.
  • Obedecer: obedeça a pessoa ao qual escolheram para liderar na maior parte do tempo. Se o Líder disse para ir a tal lugar, dar cc em um player, andar para tal lado, ficar em determinado lugar, faça. Durante o RBG não é hora de discutir. As estratégias devem ser discutidas depois, ganhando ou perdendo.
  • Observar: Sempre observe a movimentação do inimigo, para onde ele vai, se vai tentar enganar, quantos estão a vir, quem está vindo etc.

Diante dos 3 O’s, muitos ainda cometem algumas gafes.

  1. Achar que DPS é tudo. Nos campos de batalha normais, ter um alto DPS é interessante pois nem sempre terá a ajuda de seus companheiros. Porém em um RBG ter um DPS insano não é tudo. O mais importante é controlar! Usar corretamente os CCs de todos, protejer os healers, fugir na hora certo, etc.
  2. Tentar descrever tudo com frase grande. É muito importante aprender a dizer uma situação o mais rápido e claro possível. Vamos a um exemplo:====ERRADO: Aí meu Deus, socorro, tá vindo três aqui. 2 DPS 1 Heal, não… 2Heal 1 DPS aliás acho que um deles é DK… Me ajuda gente eu vô morrer. Me ajuda… não tenho trinket, tenho pouca vida e vão me matar. Não vou segurar. Morri!====CERTO: CALL Minas. 2 DPS um Healer (ou 3 Players). Vou cair. — Líder do Grupo: Player A, B e C Minas.No caso errado a pessoa floodou o chat, não conseguiu ajuda e atrapalhou a comunicação. Calma até mesmo na possível morte é sempre melhor.
  3. Magia em área na flag. Se a sua flag possui 2 jogadores a protegendo, ela não deve cair. Para isso é muito importante AoE na flag. Explicando: AoE é Area of Effect, e quando usamos isso no WoW queremos dizer que todas as magias em área de cura e stun devem ser utilizadas corretamente para manter o FC em pé até chegar ajuda.

Healers

A temporada atual trouxe uma revolução: a majestosa santa trindade (sacer disciplina; pala sagrado e shaman restauração) foi desfeita. Tanto druida restauração como o monge healer vieram mais interessantes para os RBG’s.

O druida restauração teve um substancial buff em sua sobrevivência e mobilidade, fazendo com que seu único defeito na temporada passada (morria substancialmente fácil) fosse deixado para trás.

O monge healer, uma classe totalmente nova, está deixando muito healer “de cara”, já que ele tem uma mobilidade incrível, uma sobrevivência muito boa e cura demais.

No mais, conhecer o mapa e o que se deve fazer é a próxima etapa, após ter montado o grupo. Quem sabe faço alguns textos e vídeos com estratégias para os campos. Até mais pessoal.

Lok’tar Ogar. Al diel Shala!

Anúncios

3 comentários sobre “Campos de Batalha Ranqueados

  1. Aaaaaaaaa que blog legal Jean, já logo percebi que era coisa tua! ficou show! Só tem que dar uma corrigida no português, se quiser me manda antes pra dar uma revisada nos textos. Beijo

    • Obrigado Mira. O Blog é de criação minha mas os posts serão feitos pelos líderes da guilda, até o momento. E corrija sim, mesmu meu portuguêis cendo bão bissurdo! 😀

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s